09/11/2011

Sr. Ministro da educação




Não tem nada a dizer sobre esta vergonha?

Que se passa a norte do país? Andam a recorrer aos métodos do antigo regime para condicionar as livres escolhas dos jovens nortenhos?  Isto, por si só, já seria uma vergonha em qualquer lado, mas numa escola é quase um crime. Esta asquerosa conduta excede em muito a parvoíce de JEB quando pediu ás mães sportinguistas para não deixarem os seus filhos serem benfiquistas.

Ao que chega o desespero por o Benfica ser tão amado.

PS - Preparem-se para quando o Guimarães também for tomado de assalto. Este país está carregado de mesquinhices, complexos, invejas e trafulhices.

BENFICA SEMPRE!!

3 comentários:

Manuel disse...

Isto é mesmo muito grave. Está ao nível do que se passa na Bósnia, no Kosovo e noutros antigos países da antiga Jugoslávia.

Estão a formar e a educar adultos lavados ao cérebro como na antiga USSR? Ao que isto já chegou...

Observador disse...

Uma atitude deplorável apenas defendida pelos anti-benfiquistas primários.

Com que imagem ficarão estes jovens do desporto, da vida?

Jotas disse...

Lamentável, como mais lamentável ainda é um episódio desta natureza e gravidade, ter apenas direito a um quadradito no jornal "ABola", sendo ignorado na restante imprensa.
Se fosse a um filho meu, iria à escola exigir saber quem foi que impediu a entrada do meu filho, exigir responsabilidades, apresentar queixa na DREN e divulgar isto pela imprensa de forma veemente.