10/11/2011

Teorias da conspiração, e Pepe


Confesso estar ainda chocado com a notícia de ontem sobre a criança que foi discriminada na escola por trazer vestido o manto sagrado. Ajudará isto a explicar o ambiente vivido em Braga nos últimos anos?

Relatos de benfiquistas bracarenses vão chegando aos nossos ouvidos, cada um pior do que o outro. Uns dão conta já de um certo medo instalado em adeptos do nosso clube, outros garantem que há quem tenha chegado mesmo a mudar de clube tais não têm sido as pressões e influências. Juntando isto aos bárbaros apedrejamentos de que os benfiquistas foram alvo em Braga por festejarem uma conquista nas ruas, quer-me parecer que há muito foi ultrapassada a fronteira da rivalidade. Chamem-lhe teorias da conspiração ou o que quiserem, mas nos últimos três a quatro anos começam a ser episódios deste género a mais para eu não achar que haja aqui um qualquer programa de intoxicação e lavagem cerebral, levado a cabo por quem tem responsabilidades politicas e educativas naquela cidade. Era bom que os benfiquistas de Braga não tivessem medo de falar, se possível publicamente.

Pepe diz: "Paulo Bento é o indicado". Eu estranhava era se ele dissesse o contrário, se bem que, a julgar pelo desenrolar dos acontecimentos nos últimos tempos, fosse Pepe o próximo a ir à vida e não seria assim tanto de admirar.

BENFICA SEMPRE!!

3 comentários:

Jotas disse...

Existe neste momento no futebol daquela cidade que foi assolada por influências terroristas, uma certa educação à Al Qaeda, com recrutamento de voluntários à força para lhes injectar as suas ideias e convicções, uma vergonha.

Observador disse...

E sabe quem impediu a criança, caro Berrante De Encarnado?
A professora, a da foto sim!

De Pepe's não falo.

Berrante De Encarnado disse...

Ou seja, foi quem tem a responsabilidade mais directa de formar o jovem que o discriminou. Lamentável.

Cumprimentos benfiquistas