22/01/2013

Três pontos e o Dia Seguinte


A deslocação a Moreira de Cónegos valeu essencialmente pela soma de mais três pontos. Não era bem este o jogo que esperava ver a uma semana de mais um clássico dos anos recentes, particularmente uma primeira parte que deixou
a ideia de ser uma cópia do Moreirense Vs Benfica da Taça da Liga, sem que a nossa equipa aparentasse ter um antídoto que lhe permitisse superar com maior solidez as dificuldades que nos eram servidas em jeito de Déjà Vu. Justiça seja feita aos nossos jogadores, a quem nada se pode apontar do ponto de vista da entrega e capacidade de luta, virtudes que foram porventura a maior diferença entre o que fizemos neste jogo e o que ( não ) fizemos no empate a contar para
a Taça da Liga. Acabou por ser uma vitória justíssima, sobre tudo pelo que quisemos e tentámos fazer, num jogo que até ao primeiro golo estava difícil.

O programa Dia Seguinte -- que, caso os intervenientes no mesmo andem esquecidos, convém lembrar que não é um blogue ou um café -- anda a ficar
cada vez mais insuportável. E atenção, porque apesar de reconhecer que RGS melhorou imenso na defesa do Benfica perante a escandalosa dualidade de critérios nas análises que fazem aos lances polémicos naquele espaço, não o ilibo de culpas naquilo que para mim têm sido os mais tristes debates desportivos da TV. Mas o que dizer do representante do Sporting? Dias Ferreira é muito rápido a apontar o dedo aos outros quando a conversa não lhe cheira, no entanto continua a demonstrar, programa após programa, que ele é quem não passa de um faccioso e malcriado antiBenfiquista que não distingue entre uma provocação e uma ordinarice. O homem anda de tal forma ultimamente, que parece aqueles putos mimados que estão acostumados a ganhar sempre ao vizinho pouco talentoso, mas que depois amuam e não querem jogar mais quando aparece algum que lhes dê mais luta. Quando Guilherme Aguiar consegue ser o menos insuportável do programa, está tudo dito.

BENFICA SEMPRE!!

9 comentários:

Daniel Faria disse...

Os comentadores de segunda-feira, principalmente os do "Dia Seguinte", Dias "Cuspideira" e Guilherme "maltratar", são uma lástima! Pobres de espírito!

Veja a minha análise à grande vitória do Benfica!

http://benficaeternoscampeoes.blogspot.pt/

rui disse...

è um arruaceiro e mal criado,isto nele ja nao é novo ja tem fama disto em outros programas.Eu so me espanta,ou talvez nao é a sic manter um individuo deste calibre ali, é que para um nivel daqueles podiam la meter o manel da tasca ou um qualquer concorrente do Premio capitao moura da Liga dos ultimos.Ou no minimo ja que gostam dele ao menos equilibar as coias,tiravam de la o Rgs e metiam la o Maximo taxista ou alguem parecido.

Confesso que a unica coisa que me vai fazendo ainda assistir ao programa é que vivo no estrangeiro nao gosto dos programas de ca por norma so vejo os canais portugueses e pronto la me vou entretendo com qualquer coisa.

Anónimo disse...

Já tu estás a ficar cada vez mais ao nível do programa...

Berrante De Encarnado disse...

Tens bom remédio. Ou será masoquismo?

Cumprimentos Benfiquistas

Observador disse...

Dia Seguinte? Passo.
Dias Ferreira? Um pateta que até já imita, na forma, a mana Manuela.

Sobre o jogo: vitória justa.
Não há muito mais a dizer a não ser que estamos bem e seguimos em frente de cabeça levantada.
Coisa que outros não conseguem fazer.

Verdade, anónimo triste de 22 de Janeiro de 2013 às 10:51?

Cumprimentos benfiquistas

Anónimo disse...

Caro, ontem não comentei porque achei que não precisava de defesa. Estive quase a fazê-lo porque o considero um autor equilibrado que quando afirma é de forma honesta e convicta.
Não que tenha (totalmente) concordado com a análise e muito menos com o timing.

Ganhámos bem sem nota artística. Chegou para os 3 pontos! Estou satisfeito, se fizermos o mesmo contra o Braga, ainda mais satisfeito estarei.

o Dia dos Marretas já deveria ter sido abandonado por toda a gente. É fácil perceber quando um programa perde a ultima réstia de razoabilidade. Eu não vejo casas de horrores e julgo que o meu caro também não. Sem qualquer paternalismo faça-me o favor deixe de ver. Menos audiência significa "morte anunciada". Nem nós nem RGS precisam daquilo. O que precisa (funcionário) é imbecilmente alinhado. Um dia destes, como isto anda, vai alinhar-se na fileira dos desesperados a bater aos portões da casa iluminada. Os outros são tão somente VERMES um deles de família.

Vernáculamente. Cague para aquilo!


Berrante De Encarnado disse...

Meus caros companheiros de Benfiquismo e anónimos com quem se pode comunicar decentemente,

Fico semanas sem ver, não só o programa em questão como outros do mesmo género. Já não é a primeira vez que digo... "não vejo mais". Mas sejamos francos, há momentos em que a curiosidade (quase) nos mata, e quando em causa está algo de que gostamos muito, ainda pior. Para mais, numa altura em que tanto e tão mal se tem falado do Benfica na CS. Certo é que depois do último programa, dificilmente terei estômago para ver os próximos.

Quanto aos comentários mais ou menos desagradáveis, peço-vos que façam como eu e não se chateiem com isso, muito menos saiam em minha defesa. A última coisa que quero, meus caros, é ver bocas em tom de ofensa a sobrar para um de vós por visitarem este irrelevante espaço, coisa que infelizmente já aconteceu. Reparem que muitas vezes nem sequer ligo; outras vezes lá deixo uma resposta também meio parva, e pronto, a coisa morre por ali, pois todos somos minimamente inteligentes e ninguém no seu perfeito juízo tem paciência para ficar na parvoíce o tempo todo. ;)

Cumprimentos Benfiquistas

Anónimo disse...

Eu penso que a coisa ali na sic azedou quando o pateta Ferreira nao levou prenda de natal

Observador disse...

Caro Berrante
Recuso-me a ver tais programas.
E não há curiosidade que 'me mate'.
Opto pelas minhas ideias e perspectivas, analiso os comentários de amigos e, desde que desapaixonados, tanto faz que sejam ou não benfiquistas.

Quanto aos anónimos que não interessam nem ao Pinto da Costa, concordo que a melhor medicação se chama 'desprezo'.
Por vezes dá vontade de fingir que se trata de gente, seres humanos. Só que logo a seguir ... acordo e não vejo gente. Só lixo amontoado.

Cumprimentos benfiquistas. Já agora, na esperança de que a Liga Portuguesa de Futebol Profissional faça cumprir as regras.
Faço-me entender?