11/03/2012

Pela primeira vez, Bruno e Nolito


Gosto de Gaitán e acredito nele. O argentino é, a par de Cardozo, dos jogadores que mais defendo em conversas de café. Defendi-o e vou continuar a defendê-lo, porque acredito que devemos ir aos limites para conseguirmos transformar em jogador alguém com o talento e a classe de Nico.

Mas nesta fase decisiva, depois da coisa ter estado quase ganha, passando por quase perdida e agora ao que parece estar em aberto (caso ganhemos), começo a lembrar-me de jogos com Bruno no lugar de Nico e a pensar que se calhar vale a pena jogarmos pelo seguro, apostando numa equipa com melhores tomadas de decisões. À memória vem-me logo o jogo em Leiria ( 0-4 ), mas outros houve nesses moldes em que de facto fomos uma equipa mais adulta, com melhor jogo colectivo, mais letal e eficaz nas desmarcações em ataque rápido, e com menos perdas de bola em zonas e fases proibitivas. Hoje, pela primeira vez, entraria com Nolito e Bruno a titulares, e Gaitán como o mais forte candidato a entrar caso fosse preciso. Coisas parvas de pseudo-treinador de bancada.

BENFICA SEMPRE!!

1 comentário:

▒▓█► JOTA ENE disse...

Benfica campeão, há que acreditar !