18/10/2011

Valiosíssima


Vitória importantíssima do Benfica na Champions, num jogo difícil frente a um Basileia que, não sendo um tubarão poderoso, é certamente uma boa equipa. As conversas entre benfiquistas nas últimas semanas sobre o Basileia não aconteceram por acaso, assim como o empate a três bolas dos suíços em Inglaterra, ainda que invulgar e se calhar com alguma dose de sorte, também não foi por acaso. O Basileia tem bons jogadores: uns experientes e com provas dadas; outros muito jovens que são vistos como promessas da Europa.

Mas o Benfica é melhor e, apesar de um ou outro calafrio, provou isso mesmo dentro de campo. À imagem do que tem sido o nosso Benfica na Champions, hoje voltámos a fazer um jogo realista, maduro e esforçado. Tão esforçado que acabámos o jogo com vários jogadores a coxear, entre eles Gaitán, Bruno César e Maxi, tendo este último sido substituído por incapacidade de continuar. Estivemos bem q.b. a atacar e a controlar o jogo, mas menos eficazes do que é habitual nas transições rápidas para o ataque. Nos últimos minutos, talvez reflexo das nítidas dificuldades físicas, baixámos um pouco em demasia as linhas, sujeitando-nos a uma maior pressão e algumas segundas bolas, mas na maior parte do tempo defendemos muito bem. Realço várias intercepções dos nossos jogadores a remates e cruzamentos, o que dá bem uma imagem do que foi a nossa coesão. Neste capitulo, pese embora o mérito tenha que ser atribuído ao colectivo, há que destacar os dois centrais que, longe de serem máquinas infalíveis, a verdade é que complementam-se bem e vão mostrando competência. Não foi um jogo completamente tranquilo, também por mérito do adversário, mas foi uma vitória justíssima do Benfica, num bom e competitivo encontro.

Individualmente: Praticamente todos estiveram nivelados por cima, com particular destaque para Garay, Luisão e Artur. Emerson teve dificuldades, mas é bom não esquecer que teve a tarefa de marcar o melhor jogador dos suíços.

BENFICA SEMPRE!!

2 comentários:

Berrante De Encarnado disse...

Óscar "Tacuara" Cardozo, claro...

TAKUARA!!!!

Cumprimentos benfiquistas

Observador disse...

O melhor jogador em campo, apesar do pouco trabalho: Artur Morais.

Depois, uma defesa de betão, onde incluo Emerson por direito próprio.

O pior: o sacana do Barbas que nunca mais toma banho!!!

:D