26/04/2011

Benfiquismo Cruel

No Benfica há vários costumes, entre os quais o de serem os jogadores a puxarem por nós e não o contrário. Não sou eu que vou querer mudar essa cultura, confesso no entanto que ver alguns benfiquistas de costas voltadas para a equipa, a atacarem o clube por todos os lados e a ajudarem a fragilizar técnicos, dirigentes, jogadores e os próprios adeptos, custa-me um bom bocado. Custa mais numa fase destas.

Numa altura em que nos deparamos com as lesões mais graves e inesperadas da época, em que acabámos de ganhar bem ou mal mais um titulo, em que os roubos de que fomos vítimas são cada vez mais branqueados na CS e, caso alguém se tenha esquecido, em que chegámos a uma meia-final europeia 17 anos depois, é precisamente quando muitos abandonam o Benfica e o seu próprio benfiquismo. Uns por descrença, outros por falta de chama imensa, e alguns talvez por interesse, abandonam.

É hora de mostrar solidariedade para com quem contra tantas adversidades lutou. O Benfiquismo não é e nunca foi o que alguns querem inventar. O Benfiquismo é solidariedade, paixão, fervor, povo, sacrifício e acreditar. Esta é a fase em que a equipa mais precisa de nós, temos de estar física e psicologicamente presentes. Não vamos deixar os nossos à beira do precipício sem lhes estendermos a mão. Pensamento positivo.

BENFICA SEMPRE!!

3 comentários:

Tiago disse...

a CS também anda a branquear as ofensas que o plantel do Porto proferiu na celebração da conquista do campeonato. onde estão as condenações como existem por essa Europa fora?

e a branquear o mau comportamento do Sapunaru e do Walter no fim do jogo da taça com intimidações/tentativas de agressão que noutro país seriam devidamente punidas! mas com este CD só o Jesus é que é punido, tardiamente e com as mentiras de um jogador a soldo de terceiros!

Carlos Alberto disse...

Quando eles regressarem com o caneco de Dublin vão todos para a Portela com bandeirinhas a dizer que apoiaram sempre a equipa.

Observador disse...

Quem abandona o Benfica não é benfiquista.