07/08/2013

De volta à acção após tempos difíceis de Verão


Em primeiro lugar, um justo pedido de desculpas aos amigos que de uma maneira ou outra tiravam algum entretenimento das minhas publicações. A todos os que através dos seus comentários davam-me forças para continuar, muitas vezes ajudando-me a superar dificuldades pessoais que cada vez mais afastam-me do blogue; aos que exercendo o seu direito criticavam duramente o conteúdo do espaço, ainda que consciente ou inconscientemente de forma construtiva; e aos visitantes de outras cores que deixavam bicadas mais ou menos agradáveis, peço desculpa por esta longa ausência. Far-me-ia bem partilhar convosco os motivos desta paragem, mas tudo farei para não sobrepor as minhas questões àquilo que penso ser os interesses do Benfica, como sempre foi regra minha durante estes anos. Tento sempre buscar um lado positivo nas adversidades por mais ínfimo ou utópico que ele possa parecer, como tal não quero passar uma mensagem que possa ajudar a quebrar a esperança no futuro a quem estiver a ler. Não sei como, mas ainda acredito que vale a pena acreditar.

Feito o pedido de desculpas, passemos ao que aqui interessa: Benfica

Como o prometido é devido, antes de ir à presente época quero fazer um "breve" balanço do
que foram as prestações de treinador, jogadores, representantes em debates e política de comunicação do clube na época passada. Há dois meses atrás pensei incluir adeptos neste balanço, simples visões do Benfiquismo diferentes da minha; mas acredito que nesta paragem cresci também como Benfiquista, e hoje não mais consigo fazê-lo. Não faz sentido. Nem sou alguém para o fazer. E no actual contexto do quotidiano do clube, já nem a certeza de ter razão tenho.

Treinador:  Haverão com certeza erros a apontar-lhe durante a época, independentemente da altura em que os cometeu. Mas por onde começarmos quando ele excedeu as expectativas até aos últimos três jogos - Estoril, finais LE e TDP -, sendo que nesses três aconteceram erros individuais que o treinador nada pode fazer para evitar, isto numa época em que ficou sem os dois motores da equipa, teve Jardel a render Luisão nos primeiros meses, e em que mais uma vez foi obrigado a "inventar" um lateral-esquerdo? Exacto; é complicado. Contudo não posso fugir à realidade de estarmos no limite duma situação insustentável, sobretudo do ponto de vista da empatia com os adeptos. É óbvio que o Benfica não pode continuar eternamente a entregar os campeonatos nos seus finais. Desejo-lhe sorte para o que se advinha uma tarefa complicada.

Jogadores: Artur, Ola John e Jardel. Depois de uma afirmação meritória no Benfica, Artur caiu abruptamente de rendimento na última época, tendo falhas por insuficiências incompreensíveis tendo em conta ao que dele estávamos habituados, com a agravante de todas elas terem custado dissabores ao Benfica em jogos decisivos. Num ano com Jesus, Ola John fez alguns jogos jeitosos pelo meio, porém acabou ainda pior do que tinha começado, mostrando pouca ou nenhuma evolução em termos físicos e competitivos, cometendo erros atrás de erros e revelando uma atitude quase de indiferença para com a sua profissão. Jardel teve o mérito de "aguentar" o castigo de Luisão, mas um central que tem a oportunidade de uma vida para entrar numa Final Europeia e aos 92 minutos fica a olhar para o adversário num canto sem esboçar qualquer tipo de acção para o estorvar, deixa-me sérias dúvidas quanto ao seu estofo para jogar no Benfica ao mais alto nível.

Comentadores nos debates televisivos: Quando temos Benfiquistas em debates de YouTube que dão de goleada a Gorbens e Searas no que toca à defesa do Benfica, está quase tudo dito. Foi confrangedor ver Gorben levar "tareia" em toda a linha a época inteira, afogando-se lentamente em tentativas frustradas e pouco convincentes de querer mudar a visão dos rivais sobre a arbitragem - para isso tinha ficado o Dr. Vaz que era mais genuíno nesse apelo -, e enquanto isso deixava o rival ir escapando ás mãos do Alex Sandro e penáltis inventados por Jorge Sousa contra o Sporting, ao mesmo tempo que passava para a opinião pública a mensagem falsa e habitual de que o Benfica era o mais beneficiado. Sobre Fernando Seara, apenas isto: aquele circo ridículo ainda continua? Agora tentem perceber qual é a motivação de um bloguer que anda aqui há 2/3 anos, com visualizações na casa das 300/400 views em boas alturas, ao ver estes Srs. com tantas audiências nada fazerem em defesa do seu clube. É preciso ter estômago.

Política de comunicação do clube: Num ano decidem estar calados, no outro decidem falar, no seguinte decidem voltar a calar, e assim sucessivamente. Basicamente não se decidem; é à vez. Para quando uma política de comunicação competente face aos interesses do clube e ao futebol onde estamos inseridos?

Sobre a presente época vou ter oportunidade de escrever mais nos próximos dias

Para já vou adiantando que as coisas não me parecem bem encaminhadas, sobretudo se imaginarmos que desta equipa podem ainda sair Salvio, Matic, Garay, e não chegar um lateral esquerdo de indiscutível qualidade. A nossa óbvia e já desgastada política de contratações - desgastada, pelo menos aos olhos dos Benfiquistas -, a cada ano que passa deixa-me mais desmotivado. Como podemos nós continuar a gastar milhões em jogadores com o objectivo de os vender, muitos deles que nem falta faziam, e depois pedirmos emprestado um "encostado" pelo São Paulo da qualidade de Bruno Cortez para uma posição que há anos tem sido problemática? Como podemos investir mundos e "fundos" para fazer negócios, e depois desenrascar refugo para posições cruciais ao equilíbrio do plantel? Há quatro anos isto sucede, não é brincadeira. Não vou alimentar bodes expiatórios depois da época começar, mas também não contem comigo para culpar terceiros pelos nossos desequilíbrios quando os culpados somos nós. O caso Roberto é outro assunto que entristece, mesmo para quem como eu sempre apoiou esta direcção. Dê-se as voltas e explicações que se der, não é condizente com um clube como o SL Benfica.

PS: Tenho ideias para posts que planeava partilhar com a blogosfera, resta-me saber se ainda tenho leitores com quem as partilhar e para quem as pôr em prática.

3 comentários:

Pimento disse...

Nunca tinha entrado no tasco pelo que tou aqui pla primeira vez pelo menos tens 1 leitor, não interessa o Probs fora deste mundo virtual mas desejo boas coisas a colegas Benfiquistas. O teu comentario, concordo com comentadores e estrategia de comunicação,mas acho que és benevolo com JJ, pois se inventou um DE pela 3ª vez esta tudo dito, Quando tem o Treinador de GR e um Preparador fisico, claramente incompetentes esta tudo dito.

Berrante De Encarnado disse...

Obrigado, caro Pimento

Não deixei apenas de escrever; infelizmente estive mesmo sem vir ao blogue, daí que não fazia ideia se teria até perdido parcerias amigáveis por acharem que tinha desistido dele. Felizmente não foi tanto assim, o que significa que ainda vale a pena tentar passar uma mensagem, pelo Benfica.

Talvez seja cedo para começar a partilhar algumas ideias, mas a primeira delas posso adiantar: estava a pensar criar um espaço semanal onde eu e os companheiros de Benfiqusimo fazíamos uma avaliação ás prestações dos nossos representantes em debates televisivos -- considero que esse é, infelizmente, um factor importante para uma clube deste país. Se o projecto tivesse alguma visibilidade, podia funcionar como uma forma de pressão para os nossos representantes para, pelo menos, se dedicarem mais à defesa do Benfica, fazendo o seu trabalho de casa como deve ser, coisa que claramente se nota que não acontece.

Cumprimentos

Observador disse...

Saúde-se o regresso, caro Berrante.

Saúde da boa é o que se quer. O resto, a malta resolve.

Lido o texto, apenas dizer que concordo com o mesmo.

Uma tarefa complicada espera por nós.

Cumprimentos benfiquista.