07/09/2012

Selecção


Costuma dizer-se, em tom de brincadeira, que menos de 3 - 0 é derrota quando estamos convictos da superioridade de uma equipa sobre outra. Hoje, frente ao Luxemburgo, era um desses jogos para a selecção portuguesa. No final do jogo os portugueses ficaram com a sensação de derrota e os luxemburgueses com
o sabor de vitória. Salvaram-se os três pontos.

BENFICA SEMPRE!!

5 comentários:

Luis Matias disse...

Já alguém percebeu a titularidade de Nelson Oliveira no ultimo jogo amigável?

Tinha acabado de sair do Benfica por empréstimo e praticamente não tinha tido pré-época. O jogo era contra uma equipa fraca e "facilmente" faria um golo para assim colocar os críticos de volta do Benfica pela sua saída.

Hoje que Nelson foi mesmo necessário ficou no banco e foi preterido por Postiga e Varela. Espero que tenha sido um abre olhos para alguns benfiquistas. O sistema não dorme. E nesta selecção o sistema está bem enraizado.

Berrante De Encarnado disse...

Caro Luis Matias,

O seu comentário dá, no mínimo, que pensar.

Cumprimentos Benfiquistas

Tantos Lixos disse...

Clarividente, caro Luís.
Cheira de facto a "dedinho" indicador do sistema.
Indicador, aquele que indica.
Uma selecção desenhada pelo papa, com ajuda dos arcebispos e dos intermediários que sugam o futebol.

Observador disse...

Como português, não admito 'joguinhos'. E se os conheço denuncio-os.
O sistema está podre? Mais que isso. Entrou em estado comatoso há algum tempo.
Independentemente dos recados para 'A' ou 'B', quero uma selecção séria e a sério.
Não tem sido o caso. Mas o problema já vem de trás. Começou com o Scolari e arrasta-se até ao presente.

Ontem, nem sistema se viu, tão mau foi o pontapé na bola...
E o outro sistema, o táctico, alguém percebeu?

Ficam a valer os três pontos. Mas é preciso qualidade.
Não está, a dita nossa selecção entre as quatro melhores a nível mundial?
Tem a obrigação de fazer muito melhor. A começar pelo seleccionador.

Deixa-te de birras, Paulo Bento!
Mais, fiquei com a sensação de que a tristeza de Ronaldo se estendeu aos outros colegas milionários.

Cumprimentos, sempre benfiquistas.

Mário Antunes disse...

As minhas apostas desportivas para hoje: 1-0 e sofrer até ao fim.