09/09/2012

«o árbitro foi uma vergonha; querem dar as faixas a outra equipa» Vítor Pereira

Pronto, está feita a vontade de quem aqui vem pedir que eu escreva sobre o castigo a Jesus, pese embora eu já o ter feito. O título deste post deve chegar para explicar o timing em que o castigo foi aplicado. Outros há que, apesar de dizerem muito pior, nem sequer castigados são.

Mas há comparação entre o Jesus descrever os factos como eles aconteceram
e aquilo que o treinador do Porto disse no final da derrota frente ao Gil Vicente? Os representantes do Benfica nos debates parecem anjinhos que comem muito queijo. Será que nenhum deles se lembra de tais declarações?

BENFICA SEMPRE!!

4 comentários:

Conversa Fiada disse...

Sem dúvida, esta frase, parecia o código que os abutres esperavam para poderem atacar.
Mas nós como estamos sempre "bem representados" (ironia), não temos a inteligência e discernimento de lançar esta afirmação e perguntar a quem castigou o JJ, se estas afirmações não mereciam igualmente castigo, porque entre "o auxiliar viu mas não quis ver" e "o árbitro foi uma vergonha" não vejo grande diferença.
A!, espera, há uma: um é treinador do Benfica e o outro não... Será que foi por isso?

Ribss disse...

E a verdade é que Jesus criticou com toda a razão, quanto ao bittó, criticou e veio-se a ocnfirmar publicamente que nao tinha razão nenhuma...

Observador disse...

Não percebo que alguém ainda se admire com as bacoradas desse Vítor Pereira.
Por encomenda ou por opção, este triste, e já agora traste, fala mas não pensa.
O que pode ser um sintoma de doença grave.

Cumprimentos benfiquistas

Jotas disse...

Nem mais, disso dei eu conta no meu post, porque anda tudo histérico com este castigo do JJ, mas ninguém apontou um dedo ao facto de por algo bem mais grave o treinador portistanem sequer ter sido alvo de processo disciplinar e isso sim é que devia ser notícia e preocupação dos sempre atentos lagartos à realidade do Benfica, isso não os preocupou, assim como para eles hoube estoril gate, mas parece que esta época não houve nenhum Olhanense gate.
O mal deles é que não pensam pelos factos, mas sim pela cor a que esses factos dizem respeito.