06/08/2012

Que decisão tomar?


Comprar um dos laterais-esquerdos de que se fala, com preço acessível mas
que são futuros dispensados de equipas com as mesmas aspirações que nós;

Mandar a crise dar uma volta e investir ainda mais forte num lateral-esquerdo de créditos firmados na Europa;

Continuar a apostar no potencial e na evolução de Melga, com todos os riscos e benefícios que isso possa implicar?

BENFICA SEMPRE!!

4 comentários:

Manuel disse...

"Quem não arrisca, não petisca!"

Penso que o risco é pequeno. Melgarejo vai ser Grande.
E Luisinho o seu profeta.

Berrante De Encarnado disse...

Manuel,

Também estou inclinado para essa opção. Mas, já se sabe, será a primeira pedra a ser mandada ao treinador e direcção caso as coisas corram mal. É, sem margem para duvidas, um grande risco.

MELGA terá de ser forte psicologicamente para se conseguir impor na equipa.

Cumprimentos Benfiquistas

71460_5/8 disse...

Acho que todas as opções são válidas mas dependem da volatilidade do mercado. Mas até agora gostei do Melga e do Luisinho. O que eu não gostei é da atitude defensiva da equipa onde incluo os médios. Mas também os jogos têm sido difíceis como é necessário.

Também me parece que até um jogador de créditos teria de ser muito forte psicologicamente. Houve outros que não resistiram. Não é fácil jogar no Benfica. Então se fosse um caro seria perseguido até a exaustão. Há muitos benfiquistas que acham que o Benfica devia gastar mais de 4M num defesa esquerdo mas são os mesmos que seriam menos pacientes por ter custado tanto.

Observador disse...

Diz-se que Eliseu surge como forte possibilidade de reforçar a lateral esquerda.

Não seria mau mas para tal se tornar viável, Luisinho - não vejo outro - teria que ser emprestado.