27/08/2012

Goleada Motivadora


Obviamente haverá quem pegue nesta expulsão para começar a colar rótulos à época do Benfica. Confesso que na hora fiquei algo admirado -- e com medo do que aí virá quando o campeonato apertar -- com aquela decisão e até achei um pouco exagerada. Mas as repetições não deixam dúvidas: foi uma entrada muito violenta e completamente despropositada que, se tivesse acontecido a meio do jogo, seria um vermelho consensual. Quanto ao suposto fora-de-jogo do Melga,
vou esperar por imagens e linhas mais fidedignas que não as já muito manchadas da Sport Tv. É que mais uma vez a linha não me parece correcta. Ainda assim, a haver adiantamento, ele é de centímetros -- um daqueles lances que quando dá jeito apelida-se de complicado.

Se é verdade que a tarefa ficou facilitada com um jogador a mais, não é menos verdade que houve muito mérito nosso na forma como o resultado foi conseguido. Gostei mais do nosso futebol na segunda parte, quando Jesus decidiu -- e a meu ver bem -- dar descanso a Javi e Cardozo e meter mais médios em campo. Com Martins, Aimar e Witsel chegou a ver-se pequenas maravilhas. Para mim é assim que o Benfica deve jogar, com Javi no lugar de um daqueles. Contudo, devo dizer que achei as movimentações de Enzo bastante interessantes no 4-4-2 habitual, quando este se deslocava bem para dentro no apoio a Witsel e Javi. Pelo menos em posse de bola parece estar ali um factor de maior equilibro, num sistema que continuo a achar não ser o mais adequado para nós. Gostei muito das exibições
de Salvio, Rodrigo e Garay. Aimar e Martins também entraram bem. Só fiquei frustrado por Cardozo não ter feito o gosto ao pé.

Espero que este jogo tenha deixado boas indicações na cabeça do treinador, e que sirva para motivar a equipa sem esta entrar em excessos de confiança.

BENFICA SEMPRE!!

6 comentários:

Anónimo disse...

É verdade que o jogo estava já fácil, quer pela superioridade numérica quer pelo resultado. Mas o que de facto gostei, e muito, foi a facilidade com que se alterou o esquema táctico sem que a equipa se ressenti-se.
Como dizes e bem, naquele contexto ficou até mais fluída.
Ou seja tem neste momento, o nosso Benfica, capacidade em utilizar o esquema táctico que mais convier, podendo ainda alterá-lo com aparente facilidade no decorrer do jogo.
Imagine-se as dificuldades de adaptação que a transformação táctica (com duas, três substituições) coloca à outra equipa.

Jotas disse...

Antes de mais, destaco Melgarejo, depois de tudo o que dele se disse, de uma semana inteira a colocar-se em causa não só a sua adaptação a lateral esquerdo, mas também a sua qualidade como jogador, que é muita, só um miúdo com uma mentalidade fortíssima, daria a resposta categórica que deu, depois uma palavra para Jorge Jesus, ainda na semana passada lhe deixei críticas sobre algumas opções que me custam perceber, mas se Melgarejo se exibiu como se exibiu em Setúbal, deve-o muito ao seu treinador, a forma como deu a cara, como o defendeu e a confiança que lhe foi transmitida, foram certamente o maior responsável pela desenvoltura demonstrada pelo miúdo, isso é de treinador, se lhe apontamos muitos defeitos, parece-me também justo dar-lhe o devido mérito neste caso.
De resto, um jogo de sentido único, facilitado pela expulsão de Amoreirinha, mas que justificada, com uma bela actuação colectiva, com destaque para Melga, Salvio, Enzo e Rodrigo.
Pela forma como a equipa abordou o jogo, estou em crer que o Benfica mesmo que não fosse por estes números, ganharia sempre com facilidade este jogo.

Observador disse...

Alguns continuam com problemas de vista ou ... bem, é melhor não dizer.

Melgarejo não está em situação de fora-de-jogo.
Temos que continuar a ensinar dizendo que é na altura em que a bola sai do pé de quem executa o lance que conta?
Melgarejo está a poucos centímetros para trás da tal linha SporTV antes do esférico lhe ter sido endossado.
A sua rapidez no movimento - e é aí que a linha SportTv surge - faz pensar numa situação que realmente não existiu.

Se me é permitido destacar um jogador, aponto Carlos Martins, apostado em mostrar a JJ que tem lugar na equipa. Oh se tem.
Sálvio é Sálvio e está em grande.
Há mais? Há. Continuem a subir.

Saudações benfiquistas

Bruno Pereira disse...

Acho que apesar de uma boa vitória e exibição, nem tudo vai bem na cabeça de JJesus...não sei, digo eu: http://orgulhosamentelampiao.blogspot.pt/2012/08/vsetubal-slbenfica-reafirmando-descrenca.html

Abraço,
Bruno Pereira

Cometa Vermelho disse...

- Saudações Gloriosas,
Concordo plenamente com a análise que fez caro Berrante, na segunda parte combinar e Martins foi claramente outra coisa, foi novamente um prazer ver Salvio em tão boa forma e também tive pena de Cardozo não marcar o seu golito, jogaram todos muito bem, agora o que é preciso é que continuem o bom trabalho.

Sobre a o lance do Amoreirinha, concordo com a decisão do babuíno, até porque lembro-me de este mesmo jogador ser expulso por bem menos quando jogava no Benfica, e o lance de fora de jogo para mim foi claramente retocado, desde a primeira vez que vi fiquei desconfiado, é claramente uma manobra do sistema para fazer propaganda anti-Benfica.

:: UM SÓ CAMINHO, VISITEM O MEU BLOG!! ::

http://gloriosoplanetavermelho.blogspot.pt/

Berrante De Encarnado disse...

Caro Anónimo,

Concordo, mas gostava de ver o Benfica começar os jogos mais vezes com o sistema que terminou neste. Testar o Jesus testa, apostar nele em fases a doer é mais difícil.

Caro Jotas,

Concordo com a analise à prestação de Melgarejo. Decidi em consciência não o destacar no post mas reconheço que, no pouco trabalho que teve, mostrou-se à altura neste jogo.

Caro Observador,

Completamente de acordo. Carlos Martins entrou muito bem, assim como Aimar também. Conto com eles para nos ajudarem ao longo da época.

Caro Bruno Pereira,

Jesus continua muito dependente do seu sistema táctico preferido. Para isso é o pior dos seus males.

Caro Cometa,

Sou da mesma opinião. A segunda parte mostrou-nos que temos jogadores no plantel de grande qualidade que encaixam que nem uma luva noutra forma de jogar, com um posicionamento em campo mais equilibrado, sem que com isso percamos o pendor ofensivo.

Cumprimentos Benfiquistas a todos