04/04/2012

ORGULHO


Confesso que estou a fazer um esforço enorme para escrever este post, e peço por isso desculpa ao Benfica e aos Benfiquistas. Estou muito orgulhoso dos nossos jogadores e treinadores, porém bastante triste com o futebol. É certo que a minha paixão por este jogo é incomparavelmente superior ao gosto que tenho por outros, ainda assim não conheço nenhum outro que consiga ser tão injusto a todos os níveis. Não vou apontar uma falha que seja aos nossos jogadores, muito menos aos que jogaram fora dos seus lugares, algo que seria tremendamente injusto mediante as violentas adversidades a que fomos sujeitos nos 180 minutos desta eliminatória. Gostava de ficar aqui a escrever um testamento carregado de maravilhas sobre uma grande noite de futebol europeu. O Benfica merecia que eu o fizesse; o futebol não. Derrota injusta, num jogo que mesmo em inferioridade numérica o Benfica não merecia perder, e em que mais uma vez ficou provado que as arbitragens conseguem derrotar as melhores equipas em campo. Se o penálti por assinalar na Luz foi inacreditável, a arbitragem de hoje, com uma inenarrável
dualidade de critérios nas faltas e mostragem de cartões, foi inacreditavelmente incompetente e vergonhosa. Parabéns, Benfica.

Individualmente gostei de Aimar, Matic, Witsel e Capdevila, este último começa a convencer e penso que já fez por merecer a titularidade. Javi e Emerson deram o que tinham, cumprindo com o seu papel - quando assim é, a mais não são
obrigados. Nota para Nelson, Yanick Djalo e Rodrigo: apesar de uma ou outra tomada de decisão menos boa, penso que entraram bem e mostraram que são
opções válidas nesta equipa.

BENFICA SEMPRE!!

4 comentários:

Anónimo disse...

de facto e gratificante ver dez herois a lutar contra tudo e contra todos e foi por milimetros q não manda-mos estes mafiosos do apito chupar bananas para inglaterra

Manuel disse...

Vou só referir o Emerson que apesar de jogar fora do seu lugar, sentindo-se confiante (ninguém o assobiou) não falhou um passe, não falhou um um corte e safou dois golos certos. Só isso. Foi dos 3 melhores. E mais não digo!

E estou totalmente de acordo com o post! Com árbitros "normais" tínhamos passado nas calmas.

Anselmo Damásio disse...

Em 42 anos e apesar de ter sucedido em outras ocasiões, nunca tinha visto uma roubalheira deste tamanho. Este artista já o tinha tentado fazer no jogo há dois anos e Marselha, ai tivemos a sorte de sermos felizes. Ontem infelizmente a sorte não quis nada a ter com o Benfica. O Platini vai ter o que tinha pedido, ou melhor mandado fazer uma final entre o Barça e o Real. E o Barça fresquinho porque este Chelsea é uma pera doce. Só foi amarga para o Benfica por causa dos erros premeditados das arbitragens nos 2 jogos.
SAUDAÇÕES GLORIOSAS

Observador disse...

Caro Berrante De Encarnado
No seu texto está praticamente tudo dito.
Mas vale a pena reforçar que nenhuma equipa portuguesa tem hipótese de alcançar, na actualidade, uma final da Liga dos Campeões.
Os interesses comerciais estão primeiro.

As arbitragens?
Luz e Stanford Bridge conheceram duas das maiores roubalheiras.

Se houvesse justiça, o Benfica iria defrontar o Barça.

Está tudo feito para uma final Real Madrid x Barcelona mas atenção ao Bayern, àquela máquina de jogar.

Aposto numa final Bayern x Barcelona.

Saudações benfiquistas