18/03/2012

Desdramatizando o caso Drogba


Tal como toda a família Benfiquista, eu também não gostei, no entanto vou tentar ser o mais sincero possível e desdramatizar um pouco aquilo que me parece ser uma tempestade num copo de água.

Para começar, ninguém pode ter certeza se Drogba estava a gozar com a capacidade do Benfica, ou com os seus colegas que naquela sala esperavam
ansiosamente não apanhar o Barcelona. Aquela brincadeira podia muito bem ser destinada ao seu grupo. Exemplo: "ai, ai, que eles estavam cheios de medo do Barça".

Porém, a ser de facto uma falta de respeito para com o Benfica, temos que
lembrar-nos de que Jesus pediu o Chelsea, dando a entender, ainda que de forma correcta, que o ingleses seriam uma equipa a quem ele pensava que podíamos
ganhar. Ora, não vamos ser anjinhos ao ponto de acharmos que estas coisas
não chegam aos ouvidos deles, porque chegam, ou não fosse a nossa Liga a 4ª melhor da Europa e os grandes de nosso país não estivessem sob constante
observação dos tubarões europeus.

Acho também vergonhoso o que veio na capa da asquerosa "A Burla", em nenhum momento me pareceu que Drogba tivesse a intenção de imitar uma galinha, mas sim de fazer uma espécie de mímica que simbolizava o medo.

Na hipótese de ter sido um gozo ao Benfica, muito bem, espero que isso sirva para motivar os nossos e não para os deixar mais receosos. É nestas alturas
que se vê o carácter e estofo de um grupo. Para cima deles, Benfica.

BENFICA SEMPRE!!

3 comentários:

Observador disse...

Estou convicto de que Drogba não se referia ao Benfica.

rui disse...

se tivesse calhado o barcelona ou real ele podia ter feito exatamente a mesma coisa,isto é de uma estupidez,de uma mesquinhice tao grande que eu nem tenho palavras,foi so aproveitada pela nossa cs de esgoto para nos tentar achincalhar,porque eu pessoalmente nao ligo puto a isto,pra mim vou receber o drogba no estadio como outro qualquer

Carlos Alberto disse...

Eu concordo em absoluto contigo mas se isto servir para unir mais a malta... siga para Bingo!!! ehehehe

Contra os bretões marchar, marchar, mesmo que o bretão seja um simpático costa-marfinense!

Abraço