21/01/2012

Amorim e a direita


Jesus gosta muito do Rúben Amorim, como jogador e pessoa. Não sei é se Jesus aprendeu a gostar desta última imagem de profissional que Rúben deixou. O seu comportamento foi grave, com a agravante (para nós) de partir de um benfiquista, alguém de quem se esperava sempre total entrega aos interesses e objectivos do clube, bem como o contributo para um bom balneário, independentemente de ser ou não titular. Se voltar, só o próprio poderá recuperar a imagem que tinha de um bom rapaz que, não sendo dos mais talentosos, jogava com paixão à camisola, dava tudo o que tinha e era um bom companheiro dos seus colegas.

Mas será que esse Rúben chega? Regressado de uma paragem, Rúben mostrou sempre grandes dificuldades quando foi chamado a jogar na primeira volta, nunca conseguindo atingir um ritmo que lhe permitisse ter um rendimento desejável para as exigências de Jesus. Depois de uma nova e suficientemente longa paragem com este processo disciplinar, será que Rúben é neste momento um jogador com quem possamos contar, caso as vicissitudes do futebol assim o obriguem, nuns quartos-de-final da Champions (se lá chegarmos) ou num clássico? Defesa-direito é uma posição que nos deve merecer atenção, até porque me parece que André Almeida ainda não tem capacidade para as nossas andanças. Não que a lateral esquerda deva ser esquecida - se o Cap não conta, devíamos até reforçá-la -, mas pela forma como o Maxi se entrega aos jogos de corpo e alma, corremos sempre mais riscos na direita, quer de lesões, quer castigos.

BENFICA SEMPRE!!

2 comentários:

Jotas disse...

É de facto uma questão pertinente a que deixas, julgo que Amorin é muito mais um substituto natural de Witsel, mas como dizes, dele esperva-se que respeitasse mais os interesses superiores da equipa.
De facto, também receio que Maxi possa não ser suficiente para tanta prova que ainda disputamos, assim como o nosso lado esquerdo defensivo pode ser um problema.

Observador disse...

Não. Amorim não está em condições de servir o clube de quem já disse coisas impensáveis.

Amorim está física, psíquica e moralmente mal.

Se lhe sobrar um pingo de vergonha ... saia.

Cumprimentos benfiquistas.