05/12/2011

José Mota


O Belém perdeu por duas bolas a zero e foi eliminado da Taça De Portugal.
Ainda assim é justo dar os parabéns ao treinador dos azuis porque, se não foi para intervalo a ganhar 0 - 2 contra a equipa titular do Sporting, não foi por sua culpa, mas sim da ineficácia dos seus atacantes, em especial de Abel Camará, jogador que conseguiu passar todo o encontro a tomar as piores decisões nos momentos chave.

José Mota continua igual a si próprio: Um treinador que monta equipas aguerridas, organizadas e tacticamente muito disciplinadas. Hoje, até ao primeiro golo, meteu o Sporting em sentido. Mota abraçou este projecto no Belém, mas é por demais evidente que se trata de um treinador de primeira Liga.

BENFICA SEMPRE!!

4 comentários:

Tiago disse...

Gosto muito do José Mota como treinador, mas há que referir, que o Belenenses tem sido uma nulidade na Liga Orangina, a equipa não joga um terço do que jogou hoje contra o Sporting.

Cumps.

Berrante De Encarnado disse...

Caro Tiago,

Acredito na sua palavra, contudo, neste post, falo apenas do que me foi dado a ver hoje, em Alvalade, uma vez que não tenho podido acompanhar a maioria dos jogos do Belém na Orangina.

Cumprimentos benfiquistas

Jotas disse...

Cresci em Belém, cheguei a jogar lá nas camadas jovens e como tal é um clube que adoro e sendo assim fui a alvalade apoiá-lo e na 1º parte merecia estar em vantagem, caindo com o golo do Sporting.

Observador disse...

Falar do Belenenses causa-me alguma angústia.
Sou, ainda, simpatizante do Clube da Cruz de Cristo.
Tenho que dizer, e todos se lembrarão, ter sido o Belenenses, durante muito tempo, considerado um dos quatro grandes.
Destruiram o Clube.

Hoje, resta a boa vontade de uma dúzia de pessoas. No futebol como nas restantes modalidades.

Sobre José Mota. É um dos treinadores portugueses que mais aprecio.
Tem feito grandes trabalhos por onde tem passado.
É nítida, no Restelo, a falta de matéria prima.