29/10/2011

Duas caras


Depois dos nossos primeiros 25 minutos avassaladores e já com dois golos de vantagem, nada fazia prever o baixar de rendimento acentuado que se verificou no final da primeira parte e inicio da segunda. Os aqui vêm sabem que não gosto de ver o Benfica neste sistema, isto é, apenas Aimar ao lado do trinco. Mas nem isso penso que justifica tal quebra. Não quero acreditar que os jogadores ou o treinador estivessem a pensar na Champions, porque isso seria abusar da sorte numa prova em que temos reais pretensões de a ganhar. Aimar continua a ser importantíssimo para o Benfica, as provas disso vão-se sucedendo. As duas últimas vitórias foram justas, mas verdade seja dita, temos de manter a intensidade de jogo mais tempo ao longo dos 90 minutos. Mais três pontos merecidos e valiosos, em mais um jogo que valeu pelo resultado.

Individualmente: Rodrigo e Luisão estiveram bem. Aimar sem encantar por aí além, meteu ordem na casa e fez jogar. Gaitán foi eficaz na primeira parte, mas caiu muito na segunda. Matic e Emerson cumpriram. Os restantes jogaram q.b..

BENFICA SEMPRE!!

2 comentários:

MasterGroove disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jotas disse...

Não havia necessidade.
Perante um começo fantástico, com 2 golos cedo e uma exibição muito boa,em que sempre julguei ver culminada com uma goleada, parece que algo mordeu os jogadores, que baixaram imenso o ritmo de jogo e com um resultado curto, pode sempre acontecer um golo do adversário e recordo que valeu Luisão aos 92 minutos.
Golo do Cardozo mal anulado poderia mudar o jogo e se calhar podiamos marcar ainda mais golos, porque o Olhanense certamente baixaria os braços com o 3 a 1.

Quanto ao miúdo rodrigo, a confirmação de um jogador de eleição que aí vem.