08/03/2011

REVOLTA COM ATRASO

Gosto muito do nosso presidente, estou-lhe agradecido por tudo o que fez pelo Benfica (não foi assim tão pouco), e volto a dizer que não me vejo a ser presidido por alguém que não seja ele num futuro próximo, mas há de facto alturas em que se lhe nota um distanciamento gritante do que é ser benfiquista e saber defender o clube. Já vão sendo anos a mais para não ter aprendido.

Vir dois dias depois daqueles tristes acontecimentos passar a imagem de revolta para a imprensa, depois de essa revolta se ter instalado nas mentes de todos os benfiquistas logo após o apito final do jogo, é no mínimo estranho. Mais estranho se torna, depois de nas declarações que o próprio presidente fez no final desse encontro, ter entre outras coisas protegido e ilibado Salvador, adepto assumido dos corruptos e único culpado pelo ambiente vivido dentro e fora das quatro linhas, do ocorrido.

Como podem os nossos dirigentes sentir revolta pelo nojo que o speaker fez durante os noventa minutos, pelo facto de chamarem o Benfica de "visitante", pelas atitudes dos seguranças e o comportamento lamentável dos animais no publico, quando o próprio LFV vem proteger o verdadeiro culpado por tudo isso? Mas afinal quem transformou o Braga e os seus adeptos? Quem paga o ordenado ao Speaker e o permite lá trabalhar? Quem anda de mão dada com o incendiário e assassino do futebol português? Como benfiquista, há coisas que me custam a perceber.

Aos adeptos benfiquistas

Não gosto de fazer comparações entre nós e os andrades, até porque os bons exemplos para comparar são poucos, mas num sentido devíamos olhar para eles - A defesa do clube. Se aquilo que nos aconteceu este ano, tivesse acontecido aos andrades, meto as minhas mãos no fogo em como nenhum deles falava do seu guarda-redes. O Helton podia dar três frangos por jogo, que nenhum deles falaria em mais nada sem ser o escândalo das arbitragens e o ambiente revoltante em redor do seu clube.

BENFICA SEMPRE!!

5 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Ainda vens muito a tempo amigo Berrante.
Temos de ser realmente muito mais incisivos na defesa do Benfica, sob pena de continuarmos a ser gozados e enxovalhados.

Abraço.

mWo disse...

Subscrevo caro Berrante! Basta! Estamos todos fartos desta corja toda que nos rouba, nos insulta, nos enxovalha, etc.

AbraÇo e Saudações Benfiquistas!

Observador disse...

Tanto que haveria para dizer sobre este tema.

Um pormenor sobre a actuação do "speaker".
Determinam os aconselhamentos que a Liga fas a todos os clubes que a acção dos mesmos (speaker's) se proceda de forma isenta.
É óbvio que se compreende não se conseguir uma isenção absoluta. Por motivos que não vale a pena dissecar.
Aqui, fico co curiosidade em perceber o que vai o Conselho de Disciplina da LPFP fazer. Porque é OBRIGATÓRIO que o "visitante" seja tratado pelo nome, o do clube.
Para que o CD possa fazer algo, devem os Delegados da Liga fazer constar a atitude (imparcial ou não) dos "speaker's"nos seus relatórios.
Neste caso concreto, e uma vez que ambos os Delegados são do norte...
a ver vamos.

Urge tomar decisões e determinar posturas na defesa intransigente do Benfica.
Contudo, tal deverá ser feito de forma firme mas dentro dos limites do aceitável.
Correndo o risco de ver os patetas que se julgam donos do futebol prejudicar, ainda mais, as nossas cores.
Repare-se que já se fala, outra vez, de empurrões. Desta feita, no final do encontro de domingo.

Sejamos firmes.

Cumprimentos

GuachosVermelhos disse...

Amigo Berrante ao ler o que aqui escreves fico um pouco mais confiado nos verdadeiros adeptos que apenas querem o bem do benfica!
O teu segundo paragrafo não parecendo, é muito mais importante que o primeiro...
Não queria mas vou ter que voltar ao assunto...
Quanta ingenuidade (nalguns casos maldade) que prolifera na blogosfera benfiquista!

Master Groove disse...

É este o sentimento doa adeptos e sócios do Glorioso.

O que fere a dignidade dos Benfiquistas, não são as derrotas...
Não saber defender os interesses do Clube, isso sim...fere, e de que maneira!