29/03/2011

Pensamentos


Entre Portugal não marcar golos, ou marcar dois pelos pés de um qualquer Micael, prefiro que os marque, mas confesso que me custa ver banalidades de jogadores e personalidades, promoverem-se ás custas de golos praticamente feitos na selecção das quinas. 

O defesa-direito Nelson, aos 27 anos, mostra estar na plenitude das suas capacidades. Quando se fala num defesa-direito para fazer companhia a Maxi Pereira no Glorioso, dá que pensar. 

Fábio Coentrão esteve, como de costume, em alta. O ponto mais alto deu-se quando Fábio foi substituído sem problemas físicos. 

Brilhante intervenção do comentador da RTP, quando perto do final disse: "Paulo Machado ganha estatuto na selecção". Isto depois do jogador ter falhado, sem exagero nenhum, em todos os lances que participou.

Jogo QB da selecção Portuguesa.

BENFICA SEMPRE!!

Adenda __________________________________________________
Rúben Micael no final, quando questionado sobre o jogo da Luz, teve um lapso de língua ao dizer: "ganhando esse jogo ou não, sabemos que vamos ser campeões". O que Micael quis dizer foi: "ganhando ou não, sabemos que já nos fizeram campeões".

5 comentários:

GuachosVermelhos disse...

Amigo, não ligues.
Aquilo era um antro com queirós e parece-me que só mudou o cheiro...
A merda continua a mesma!

Manuel Oliveira disse...

Realmente teve uma sorte de cão! Pelo menos deve-a ter gasto toda e domingo não frá nenhum!

Abraço.

Observador disse...

Se Ruben Micael fosse um jogador de futebol, comentaria sobre ele.
Assim, passo.

Se Ruben Micael não tivesse sido mordido pelo veneno do dragão, comentava sobre o que disse no final do jogo.
Assim, passo.

E tanto que havia para dizer da selecção e dos seus meandros.
Mas não temos tempo.

artnis disse...

Pra mim aquela 'trampa' acabou quando ouvi o estulto bolçar do Hugo 'andrade' Gilberto - 14finlandeses BEM equipados ...

de azul e branco!

Anselmo Damasio disse...

Fugiu-lhe a boca para a verdade.