07/12/2010

Benfica perde 2-1. Di Maria, Ramires, Roberto, Jara, Gaitán, Salvio

Perdemos porque tudo fizemos para isso e continuamos na Europa com a ajuda de terceiros sem o merecer. É verdade que tudo o que vai à nossa área, acaba por de uma maneira ou outra dar golo. Ou a bola bate em alguém e entra, ou sobra para um adversário num ressalto e dá golo, ou cometemos erros que não cometíamos no passado, etc. Fica a ideia que cada ataque dos adversários tem boas chances de dar golo, por um ou outro motivo. Para além do mau momento, estamos também numa fase azarada, mas isso não explica tudo...

Haverá explicação para a má fase?

Meus caros, isto acontece porque o Benfica se mete a jeito. O nosso blog não é dos que manda o clube mais para baixo do que ele está, mas também não deixa de dizer o que deve ser dito, sem favores, para bem do Sport Lisboa e Benfica. Não tenham duvida alguma que o problema não é o Di Maria, o Ramires, muito menos o Gaitán, Roberto, Jara, Salvio ou o LFV. O problema é... O Benfica, a sua equipa, os seus jogadores que ostentam o escudo de campeões. Os mesmos jogadores que no ano passado pareciam máquinas de guerra em 98% dos jogos, que pressionavam os adversários, no mínimo, durante uns bons 70 minutos, que jogavam rápido em ataque continuado, faziam triangulações e tabelas com perfeição e eficácia, este ano são uma sombra deles mesmos em 50% dos jogos e parecem dar um cheirinho nos outros 50%. O Benfica não vendeu só o Di Maria. Vendeu a equipa toda e comprou jogadores parecidos, mas só de aparência física. Como quer a nossa equipa dar um pontapé nesta fase intermitente, se pouco faz por isso? Jogo sim, jogo não, (ás vezes jogo sim, jogo sim), os jogadores apresentam-se lentos em campo, passivos, permissivos, a ver jogar o adversário sem minimamente o incomodar. Voltei a ver um Benfica de ir recuando no terreno quando o adversário tem a bola, voltei a ver um Benfica que joga com os olhos no meio-campo defensivo, um Benfica que oferece espaços deliberadamente nas alas. Quando temos a bola, jogamos à Quique Flores, sem grandes movimentações, com poucos desequilíbrios colectivos. A bola roda da esquerda para a direita, da direita para trás e não passa disso e, quando passa é sem grande confiança, acabando invariavelmente na perca da bola. Assim é difícil, não só para o Benfica, como para qualquer equipa do mundo. Sem grandes analises ao jogo de hoje, digo apenas que este jogo foi uma cópia do jogo com o Olhanense, com a diferença do adversário ter mais qualidade, daí as facilidades e debilidades serem mais notórias. O Benfica, mesmo sem os dois jogadores que foram vendidos, tinha e tem mais que qualidade suficiente para ter avançado na Champions, assim os jogadores que ficaram estivessem pelo menos a 70% do que renderam na época passada e facilmente chegávamos lá.

  • Notas Positivas: Luisão (marcou um golo, é dos poucos que mantém a forma), Coentrão (sem encher o olho, mas fez o que pôde e sabe), Aimar (apesar de tudo, entrou e mexeu com o jogo).
  • Notas Menos Boas: César Peixoto (não dá mais, nem para consumo interno. É mau e lento. É melhor dispensá-lo que assobiá-lo), Carlos Martins, David Luiz, Saviola e Javi Garcia (nota-se que querem, mas as coisas correm-lhes mal, ou não conseguem).


Para o Futuro: César Peixoto não é, não será, nem pode ser jogador para o Benfica. Tenho muita pena e discordo totalmente dos assobios, mas a verdade tem que ser dita para bem da equipa. Se o Benfica continua com esta falta de pressão e consequente permissividade total para deixar jogar, irá ter muitos amargos de boca num futuro próximo. Não foi assim que o Benfica foi campeão e dificilmente será assim que voltará a ser. É tempo da equipa técnica pensar seriamente na condição física de alguns jogadores e ver o que mudou do ano passado para este. As desculpas do Mundial e da pré-época, não fazem mais sentido. Se não há capacidade para darem mais fisicamente, há que assumi-lo. O fulgor físico dos nossos atletas no ano passado, era mais valioso que o Di Maria. Este último não ganhou o 32º sozinho.

BENFICA SEMPRE!!

4 comentários:

ana_slb disse...

Grande análise! Concordo plenamente. Este ano os mesmos jogadores da época passada estão muito abaixo daquilo que podem render.
De resto não temos sorte nenhuma. Nada sai bem. As nossas bolas não entram e as dos adversários entram todas.
Os assobios são mais que lamentáveis. Eu jamais iria ao Estádio assobiar a minha equipa. No final se achar que não estiverem bem sou a primeira a criticar. Mas durante o jogo só consigo apoiar.
O Benfica somos nós e precisa do nosso apoio!
Saudações Benfiquistas!

Berrante De Encarnado disse...

É verdade cara Ana, custa-me muito, mas algumas coisas devem ser ditas. Não é culpa de um ou de outro em particular, ao é culpa do Vieira, ou do Di Maria, é culpa da equipa do Benfica, dos 11 jogadores, sejam eles quem forem, que entram dentro do relvado para defender as nossas cores.

BENFICA SEMPRE!!

Cumprimentos

Anónimo disse...

Brilhante a análise.
Era bom que os dirigentes do Benfica lessem isto.

Didi-SBN

Génio Da Bola disse...

concordo com a analise.
este benfica não merece ser chamado de benfica.

cumps

http://genialdabola.blogspot.com