07/10/2010

Uma Crónica Chocante De Mais Um Cúmplice Da Vergonha

Eugénio Queirós, é mais um cúmplice da vergonha nacional e autor desta (crónica) 


Não vou sequer perder muito tempo a falar de gente como esta. Digo apenas o que me parece ser óbvio: Este jornalista(?) teve a coragem de omitir e desvalorizar o conteúdo das escutas vergonhosas do corrupto-mor, e, não contente com isso, ainda teve o desplante de mencionar o conteúdo das escutas do Vieira, como se essas sim, fossem a vergonha do futebol e merecessem ser mencionadas. O jornal RECORD devia ter vergonha de uma crónica nojenta como esta.

Não fala no conteúdo das corruptas, mas fala no conteúdo das do Vieira? O que dizer disto? Só mesmo à "jantarada".

Contra estes jornalistas avençados, corruptos, submissos E contra todos BENFICA SEMPRE!

5 comentários:

Manuel Oliveira disse...

É amigo Berrante, não passa dum sabujo nojento.

Abraço.

Joseph Lemos disse...

Conheço muito bem esse bastardo.Só o nome de dá asco.É um GRANDE FILHO DA PUTA.Sem ofensa porque é assim que se tratam no norte.
Que o diga o cornudo Gangster da Costa.

Nesta coisa de Gangster-cornudo, o João Malheiro é que sabe.

João Tomaz disse...

Este palhaço era da Bola e é muito conhecido pelas suas crónicas homoeróticas acerca da "virilidade,impetuosidade e poderio" do Bruno Alves.
Quanto à crónica, repara que deixa implícito que o Benfica está por trás desta divulgação mas não se pronuncia sobre o conteúdo. Acrescenta que "são apenas uma tentativa de aproveitamento de um processo que para além das condenações e das absolvições teve um efeito profiláctico importante".
Também eu pensei que esse "efeito profiláctico importante" se viria a verificar. Durou pouco, este ano já andam a tentar novamente...

Anselmo Damasio disse...

Este merecia um bom pequeno almoço, como se costuma dizer é a refeição mais importante do dia.
É assim que a máfia funciona, com estes tipos infiltrados na comunicação social.

SAUDAÇÕES GLORIOSAS

sloml disse...

Há muito tempo que leio as crónicas desse nojento no Record e até já fui umas poucas vezes ao blog dele, mas começou a meter-me nojo de uma tal forma que nunca mais lá fui. É apenas mais um triste. Não merece nenhum crédito.